Indonésia: O guia completo da viagem dos sonhos

Um guia completo de tudo o que você precisa saber para ir para a Indonésia, desde hospedagem e transporte até cuidados extras que você deve tomar.

Vamos falar sobre cuidados que você tem que ter, transporte, hospedagem, comida e muito mais! Planeja uma viagem para a Indonésia ou está apenas a procura de informações sobre esse destino exótico? Esse post é de suma importância.

Passagem aérea

A passagem aérea para a Indonésia costuma ser uma facada! Por tanto fique ligado em promoções. As passagens mais caras são as que têm menos escalas e conexões. Se você tá no time que prefere economizar, recomendo que você procure voos com conexões de mais tempo de espera no país, dessa forma você pode até visitar um país a mais durante o percurso.

Hospedagem

Hospedagem na Indonésia é o menor dos seus problemas. Isso porque a hospedagem é muito barata e de altíssima qualidade. Nós usamos o booking.com para fazer todas as nossas reservas e foi a melhor coisa que fizemos! Parece publi, mas não é! Quem dera fosse! O aplicativo é super funcional e rápido. Além disso a maioria das reservas podem ser canceladas até 24h antes da data acordada.

Importante também lembrar que especialmente em Bali, o trânsito é caótico! Apesar de pequena, pode demorar até duas horas para ir de um lugar ao outro. Por isso vale mais a pena se hospedar em vários hotéis de acordo com o seu roteiro de viagem. Confira aqui a lista de hotéis que eu me hospedei e as impressões de cada um.

Transporte

Não tem transporte público e nem uber na Indonésia. Mas calma! Você pode alugar uma moto, ou chamar um blue birds (como são chamados os táxis na Indonésia). Mas você pode fazer ainda melhor e baixar o Go Jek! O Go Jek é uma espécie de uber local, no qual você pode pedir táxi, moto ou carro de passeio. De novo, não é publi, é só dica marota mesmo!

Dinheiro

A moeda local é a Rupia Indonésia. Por ser extremamente desvalorizada, as notas são de 2 mil a 100 mil rupias. As moedas mais aceitas para serem trocadas lá são dólar americano, dólar australiano e euro. Qualquer esquina de Bali você vai encontrar um lugar para trocar o seu dinheiro, mas o mais seguro é trocar em casa de câmbio mesmo.

Quando ir

Entre março e junho, ou entre setembro e novembro são baixa temporada, portanto tem os melhores preços, e além disso o clima não é tão quente. Eu fui no mês de abril e achei ótimo!

Comida

Se você não gosta de pimenta, tenho péssimas notícias! A comida de lá é extremamente apimentada, porém deliciosa. Se você curte pimenta, tamo junto! O prato mais famoso é o Nasi Goreng que se trata de um arroz frito com legumes, frango e ovo frito. Aliás, pensa num povo que gosta de uma fritura! Encontrei até uma sobremesa de Oreo frito lá! Uma delícia!

Clima

O clima na Indonésia é extremamente quente e úmido! Mesmo quando não está tão quente assim, você sua demais! O ideal é separar roupas bem fresquinhas para essa viagem!

Quais lugares para visitar

A Indonésia vai muito além de Bali! Não vale a pena mesmo ir para o outro lado do mundo e ficar só em um lugar! O ideal é que você escolha no mínimo uma ilha além de Bali para visitar. Eu fui para Nusa Penida e Komodo.

Religião

A Indonésia é o maior país muçulmano que existe. Bali é uma das poucas ilhas onde a religião predominante é o Hindu.

Chip de celular

Nós compramos o nosso chip no aeroporto. Sinceramente, acho que você consegue comprar mais barato na rua, só pedir indicação de algum lugar onde você for se hospedar. Nós chegamos exaustas e preferimos não arriscar, por isso compramos lá mesmo.

Gastos

A passagem aérea é uma facada, eu não consegui encontrar promoções quando eu fui, apenas opções caras e opções caríssimas! Por isso morri numa grana para chegar lá. Porém o valor pago nas passagens foi compensado no valor dos hotéis que são super em conta. A comida também é muito barata. Mas se você gosta de um drink ou um vinho, bebida alcoólica é uma das poucas coisas que são caras lá. Já prepare o bolso!

Os souvenirs são caros, você tem que se preparar para negociar preços pois os vendedores deixam os preço bem mais alto. Mas é só conversar que com jeitinho consegue baixar.

Se você não é do tipo que gasta muito em viagem, uns 1.500 dólares devem ser o suficiente para você levar. Mas lembre-se de liberar o seu cartão de crédito para comprar fora do país para eventuais emergências!

Lugares Para Conhecer

Se pensa em ir para a Indonésia, Bali com certeza está na sua lista. Mas já te digo de cara que não vale a pena ir pro outro lado do mundo para ficar só em uma ilha. O país é formado por 17 508 ilhas, das quais cerca de 6 000 são habitadas. Vale a pena investir um tempinho a mais para conhecer mais algumas ilhas. Fique ligada aqui que vamos fazer um roteiro bacana do que fazer em mais duas ilhas além de Bali.

Cuidados

Se você for para outras ilhas, troque seu dinheiro antes de sair de Bali. As ilhas da Indonésia iniciaram as atividades de turismo a muito pouco tempo, por isso não é fácil trocar o dinheiro fora de Bali.

Taxistas na Indonésia são muito malandros! Eles tentam cobrar o mais caro que podem dos turistas. Por tanto fique ligado e se prepare para negociar muito os preços.

Outro cuidado que você precisa ter também é com a época que você vai. A Indonésia está localizada em uma zona que é chamada de Círculo de Fogo. Isso faz com que esteja sujeita a uma probabilidade maior de desastres naturais como terremoto, furacão e até atividades vulcânicas. Pesquise bem antes de ir!

Extra

Se você é do tipo que retém líquido, leia o próximo parágrafo com muita atenção!

Se seu voo é na classe econômica, você VAI precisar se uma massagem para desinchar as pernas. E não, isso não é frescura! Meu voo durou mais de 32 horas entres tempo de voo e conexões. Cheguei em Bali com a perna tão inchada que não conseguia nem mexer o tornozelo direito. Mas fique sabendo que não existe drenagem linfática em Bali! O que nos salvou foi o spa de um dos hotéis que ficamos que oferecia uma massagem relaxante que poderia ser “personalizada”. Nós conversamos com as massagistas, mostramos nossos pés e pedimos algo que melhorasse o inchaço. E só para constar, “jet lag” para eles é o efeito das pernas inchadas de voo, essa informação vai te ajudar a se comunicar melhor!

Curtiu? Então fica ligada aqui no Phari para as próximas matérias do especial Indonésia e siga a gente no insta @pharipraia para não perder nada!